Chamada de comunicações para o 5º Encontro Anual de Economia Política, FEUAlg, 27-29 janeiro 2022

Consultar cfp em pdf

O largo conjunto de impactos originado pela pandemia sobre a forma como nos organizamos não está ainda cabalmente compreendido. Ele incide tanto sobre a nossa vida material e institucional como sobre as relações sociais e territoriais, nos planos nacional e internacional. O debate sobre o desempenho económico e as respostas à pandemia tem sido recorrente, já que determinadas configurações institucionais, lógicas empresariais e especializações económicas se mostraram particularmente geradores de vulnerabilidades. A importância conferida às capacidades regionais e nacionais, à necessidade de reindustrialização e à descarbonização da economia aumentaram. A resposta a esta e a futuras crises exigirá uma transformação das sociedades e das economias. Essa transformação deverá ser pensada em múltiplas dimensões, porque implicará não só a reflexão em torno da superação das fragilidades anteriores como, também, a transição para um paradigma de desenvolvimento sustentável. 

De modo a refletir sobre as vulnerabilidades e o potencial transformador nas economias para responder aos desafios da pandemia, a Associação Portuguesa de Economia Política (EcPol) anuncia a chamada de comunicações para o 5º Encontro Anual de Economia Política a ter lugar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve nos dias 28 e 29 de janeiro de 2022 com o tema “Vulnerabilidades e transformações sociais e económicas”. 

O Encontro visa juntar todos aqueles que, a partir das mais diversas áreas disciplinares e abordagens, entendem os fenómenos económicos como sendo eminentemente configurados por fatores de ordem social, política, jurídica, cultural, tecnológica e ecológica e devendo ser estudados nos seus contextos institucionais, históricos e geográficos. 

O Encontro tem início no dia 27 de janeiro de 2022 com a realização da Escola de Inverno da EcPol, com especialistas convidados e a discussão de projetos de doutoramento apresentados por estudantes. 

Aceitam-se comunicações que tratem, entre outros, os seguintes temas: 

– Especializações produtivas e pandemia  

– Vulnerabilidades territoriais e pandemia  

– Pandemia e desenvolvimento sustentável 

– Ciência, inovação e crise 

– Crise, Estado e políticas públicas 

– Desigualdades e pandemia 

– Globalização e pandemia 

– Instituições e resposta à pandemia 

– Pandemia e transformação social 

– Poder, governação e pós-pandemia 

– Reconfigurações da cidade no pós-pandemia 

– Reconfigurações do trabalho e pandemia 

– Resiliência regional 

– Transições sustentáveis 

– Turismo e pandemia 

Podem ser apresentadas propostas de: 

1) comunicações; 

2) painéis temáticos compostos por 3 ou 4 comunicações. 

Comunicações relativas a projetos de tese de doutoramento devem ser preferencialmente apresentadas na Escola de Inverno. 

As propostas deverão ser apresentadas na língua das comunicações, podendo-se optar por português ou inglês. 

O Encontro utilizará um modelo híbrido, com uma maioria de sessões presenciais e um conjunto de sessões online. Os autores devem indicar se pretendem inscrever-se no modelo online ou no modelo presencial no momento de envio da sua proposta. 

As propostas de comunicações e projetos de tese devem conter a seguinte informação: 

i) Título; 

ii) Tipo de proposta (comunicação, projeto de tese); 

ii) Nome, filiação institucional e endereço de e-mail do(s) proponente(s); 

iv) Resumo e 4 palavras-chave (máx. 400 palavras). 

As propostas de painéis devem conter a seguinte informação: 

i) Título da sessão; 

ii) Resumo da sessão (máx. 200 palavras cada); 

iii) Nome, filiação institucional e endereço de e-mail do(s) proponente(s) do painel e dos participantes; 

iv) título, resumo e palavras-chave das comunicações incluídas. 

Datas Importantes: 

17 de setembro de 2021: Data-limite para envio das propostas 

30 de setembro 2020: Notificação de aceitação 

7 de novembro de 2021: Inscrição no Encontro e/ou na Escola de Inverno 

20 de dezembro de 2021: Inscrições tardias e pagamentos 

As propostas deverão ser enviadas para o seguinte endereço: 5ecpol@ualg.pt 

Taxas de inscrição: 

Participantes até 7 de novembro 

Membros da EcPol (quota de 2021 em dia) – 60 euros (inclui quota de 2022) 

Estudantes e desempregados – 20 euros 

Outros, não membros – 75 euros 

Participantes até 20 de dezembro 

Membros da EcPol (quota de 2021 em dia) – 75 euros (inclui quota de 2022) 

Estudantes e desempregados – 20 euros 

Outros não membros – 90 euros 

Escola de Inverno e projetos de doutoramento – 20 euros (gratuito para participantes inscritos no Encontro) 

Assistência – 10 euros 

Publicações associadas planeadas 

Número especial, referente ao primeiro trimestre de 2023, na revista Cidades, Comunidades e Territórios (https://revistas.rcaap.pt/cct/) 

Livro, apoiado pelo CinTurs, em 2023, a partir das comunicações no Encontro. 

Comissão Científica: 

Alexandre Abreu 

Ana Rita Cruz 

Aurora Teixeira 

Ester Silva 

João Albino Silva 

João Ferrão 

João Leitão 

José Reis 

Patrícia Pinto 

Paulo Neto 

Pedro Marques 

Regina Salvador 

Renato Carmo 

Ricardo Paes Mamede 

Sílvia Ferreira 

Simone Tulumello 

Teresa de Noronha 

Comissão Organizadora: 

Ana Paula Barreira

Ana Sofia Lopes

Carla Nogueira 

Catarina Príncipe 

Cristina Pinheiro

Efigénio Rebelo 

Fábio Sampaio 

Hugo Pinto

Jorge Andraz

Jorge André Guerreiro

Julieta Rosa

Luís Coelho 

Luísa Veloso

Marlene Fernandes

Marisa Cesário

Organização: Associação Portuguesa de Economia Política, Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, CinTurs – Centro de Investigação em Turismo, Sustentabilidade e Bem-estar, CEFAGE-UAlg – Centro de Estudos e Formação Avançada em Gestão e Economia e Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Deixe uma resposta

X